HISTÓRIA | FÓRMULA BOÉMIA

Deriva do francês, bohème, um habitante de Boêmia e do latim, Bohemus, o país do boii (povo celta da Europa central). Mas, com o passar dos anos, a palavra evolui, começou por designar membros de tribos nómadas, alguém que levava uma vida desregrada, até acompanhar um movimento literário e artístico. Hoje, é um estilo de vida que o podemos ver reflectido na decoração.



Um fantástico exemplo desta “fórmula” para a decoração é esta moradia. Localizada em São Paulo, no Brasil, mostra-nos que aqui não há regras… nem espaços vazios. Tudo está repleto de recordações, cores, veludos, franjas e muitos outros pormenores. Transmite-nos toda a personalidade dos seus moradores, tudo é usado em exagero. É exuberante.

Está é uma obra do designer de interiores Sig Bergamin e o seu sócio, e proprietário da casa, Maurilo Lomas, ambos na última imagem desta publicação. O dono da moradia está à esquerda da foto, acompanhado pela sua buldogue francesa, China.


 










É um estilo ousado, que nem todos se habituariam. Para a rebuliça, seria muito difícil conviver num sítio assim, a falta de luz e o ambiente claustrofóbico dariam cabo dos nervos. Mas uma pitada de boémio fica sempre bem.

E vocês, viveriam aqui?
 
| boémio | desregrado | personalidade |


Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
COPYRIGHT © 2010-2017 MEU REBULIÇO BY CAROLINA SALEIRO