HISTÓRIA | DORMIR NA LAPÔNIA


Cada vez, tenho mais a certeza, que o mundo é demasiado belo, para nos deixarmos ficar nesta “ocidental praia lusitana”, sem conhecer o que há mais além.

E, este hotel, fica num dos sítios do planeta com os maiores encantos. Passando cerca de três meses sem ver a claridade do sol e outros três sem ver a escuridão da noite, conhecido por “sol da meia-noite”. E, é aqui, que podemos ver o mais extraordinário fenómeno natural: Aurora Boreal, onde o céu fica pintado de cores divinais. Estamos na Lapônia finlandesa.




Tudo começou em 1973, quando Jussi, proprietário deste espaço, ficou sem combustível em Kakslauttanem, uma zona completamente desértica. Não teve outra alternativa, senão montar uma tenta mesmo ali. Por alguma razão, sentiu-se em casa. E ano após ano, foi para este local. Num ano construiu uma pequena cabana, depois um café e assim foi erguendo o que hoje é um dos hotéis mais extraordinários do mundo.











Esta é a terra do pai natal, e Jussi não se esqueceu disso. Recentemente, criou uma aldeia, a cinco minutos do local original, para o velhote das barbas brancas mostrar toda a sua simpatia. 



Para além da aldeia do pai natal e os fenómenos naturais, aqui, pode viver experiências inesquecíveis: passeios de rena, pesca no gelo, colheita de cogumelos, canoagem e caminhadas únicas. 








No verão ou no inverno, este local será sempre inesquecível.


| viajar | natureza | natal |

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
COPYRIGHT © 2010-2017 MEU REBULIÇO BY CAROLINA SALEIRO