HISTÓRIA | UMA VISTA BOÉMIA


É verão. É calor (mesmo que às vezes, para os lados de Lisboa, não pareça). É convívio. É sorrisos. É amigos. É brindes. É a felicidade, estampada nos rostos.

Mas, há quem viva esta época do ano a trabalhar e numa casa normal. Sem piscinas, lagos ou jacuzzis. Sem churrascos. Sem quintal. E para essas pessoas, aqui fica um duplex lindo de morrer, com espírito descontraído e uma deslumbrante vista sobre os telhados de Marselha, mas que podia ser qualquer outra cidade europeia.

É a segunda cidade mais populosa de França e a mais antiga do país. Cheia de história e recordações, tem uma vista deslumbrante, até mesmo dos seus telhados.

Este é um duplex, localizado no quarto e último piso, no centro da cidade. Com setenta e quatro metros quadrados, que transmitem personalidade e umas enormes janelas que deixam entrar uma luz deslumbrante.

A decoração é simples. Mas repleta de detalhes, que a tornam única. E, se repararem bem, é bastante acessível. Com o verde das plantas (principalmente cactos… adoro-os), a contrastar com a terracota dos vasos e a destacarem-se do fundo branco, que calha sempre bem.

Inspire-se e torne a sua casa mais “sua”.









| boémio | cactos | descontracção |

fonte: fonte: PlaneteDeco e EspacesAtypiques

 
COPYRIGHT © 2010-2017 MEU REBULIÇO BY CAROLINA SALEIRO